quinta-feira, 31 de dezembro de 2009



Desejo a todos umas boas entradas.
Que este ano que está à espreita seja sorridente para todos.
Feliz Ano Novo.

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Costeletas estufadas



Estas costeletas foram inspiradas numa receita que vi no blog pratosdabela.blogspot.com/,  pareceram-me muito boas e não me enganei. A receita foi alterada, fiz um estufado à minha maneira e acrescentei a sopa de cebola como na receita original.

Preparação:
Cobri o fundo duma panela com azeite, piquei uma cebola e um dente de alho e deitei uma pitada de colorau, deixei alourar um pouco e refresquei com um bocadinho de vinho branco. Juntei as costeletas e pus três colheres de sopa de polpa de tomate e reguei com uma pequena quantidade de cerveja e acrescentei uma folha de louro. Fui adicionando água aos poucos e deixei estufar.
Quase no final acrescentei metade de uma saqueta de sopa de cebola e deixei apurar.

A sopa de cebola dá um toque muito bom à carne e o molho fica apuradinho, o ideal para servir com uma batatinha cozida.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Passou o Natal

O Natal já passou e como não foi passado em minha casa não tenho fotografias.
Dia de Consoada estive com os meus pais, como o meu marido esteve a trabalhar só estivemos os três o que foi muito triste. No dia de Natal logo de manhã chegou o meu marido e trocamos as nossas prendas, o dia acabou em casa dos meus sogros.
Tanto na casa dos meus pais como na dos meus sogros a mesa estava recheada com o tradicional da época.
Espero que todos tenham passado um Bom Natal, cheio de paz e carinho.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Mais um dia



Mais um dia caótico na nossa cidade, muita neve e gelo.
Agora está a chover mas a neve parece que não quer derreter. 

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

O meu bacalhau com natas



Este foi o meu primeiro bacalhau com natas. Seguindo os conselhos da minha amiga Sónia (ambiguity) para cortar as batatas aos palitos pequenos (porque para o outro dia as batatas cozinhadas sabem mal)  saiu este prato que estava muito bom (acertei logo à primeira UPI).

Ingredientes:
3- postas de bacalhau médias
- batatas
2- cebolas médias
3- dentes de alho
1- folha de louro
- azeite qb
- pimenta qb
1- pacote de natas para culinária
1- pacote de bechamel dos grandes (não quis arriscar a fazer e o comprado além de ser bom é prático)
- leite qb
- queijo ralado qb

Preparação:
Coze-se o bacalhau em água durante 5 minutos, retira-se e deixa-se arrefecer um pouco para se fazer em lascas.
Fritam-se as batatas ao palitos pequenos, depois de fritas escorrem-se bem e reservam-se.
Leva-se ao lume o azeite com as cebolas cortadas em meias luas, o alho picado e a folha de louro e tempera-se com uma pitada de pimenta. Quando a cebola estiver loura sem estar queimada retira-se o louro e juntam-se as lascas de bacalhau  e deixa-se refogar um pouco. Em seguida, acrescentam-se as batatas e mistura-se tudo muito bem e deixa-se cozinhar mais um bocadinho.
Entretanto, misturam-se as natas e o bechamel e deita-se um pouco de leite (não muito para não ficar muito liquido) acrescenta-se metade desta mistura no bacalhau e mais uma vez mexe-se muito bem e deixa-se cozinhar por alguns segundos.
Deita-se o refogado numa assadeira e cobre-se com o restante bechamel e polvilha-se com o queijo ralado e leva-se ao forno a gratinar.

  
Este foi o meu prato.
 Pronto está bem eu admito, comi esta dose e depois servi-me outra vez.


quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Maças assadas



Hoje trago-vos uma receita que toda a gente sabe fazer.
Estas maças foram a nossa sobremesa no Domingo e estavam muito boas.

Retiram-se os caroços ás maças e dá-se um golpe em volta da casca. Coloca-se a fruta numa assadeira e no buraco do caroço põe-se um pau de canela e enche-se o mesmo buraco de açúcar amarelo e regam-se com vinho do Porto e levam-se a assar.
Enquanto estão a assar vão-se regando com o molho e se for necessário acrescenta-se mais vinho e açúcar.
Quando estiverem prontas retiram-se do forno e servem-se simples com um bocadinho do molho, que fica tipo caramelo, ou servem-se com uma bola de gelado.
Como mostra a imagem as nossas foram degustadas simples. 


quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Demorou mas chegou

Hoje acordamos e a paisagem que se via da minha varanda era esta:




A sair de casa para o trabalho o mesmo manto de neve cobria a nossa entrada :

 



Durante a ida para o trabalho com o meu motorista muito atento à estrada em passo de caracol:





Quando cheguei a casa para almoçar a criançada já tinha feito esta obra de arte, digam lá se não está fofo:

 

E assim está a ser o dia para nós os Transmontanos, só espero que logo à noite a neve não passe a  gelo.
Quando sair do trabalho é que vou bater o dente.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Bolos de bacalhau





Se há coisas de que adoro são um bolinhos de bacalhau, gosto deles quentes ou frios, vão logo direitinhos para a minha barriga.
Este é um tipo de petisco que aparece quase sempre nas mesas portuguesas quando há uma festa ou uma pequena reunião de amigos, e agradam a toda a gente até aos mais esquisitos.

Ingredientes:
4- postas de bacalhau
5- batatas médias
3- dentes de alho
3- folhas de louro
3- ovos
- pimenta e sal qb
- salsa qb

Preparação:
Põem-se a cozer as batatas com os alhos, o louro e um pouco de sal (vai-se provando a água porque o bacalhau pode estar salgado) , a meio da cozedura acrescenta-se o bacalhau e deixa-se acabar de cozer.
Depois de tudo cozinhado retira-se o louro e passam-se as batatas e o alho pelo passevite até ficar um puré.
Limpa-se o bacalhau de peles e espinhas e coloca-se num pano de cozinha limpo e bate-se com ele até estar o bacalha todo desfeito e junta-se ás batatas.
Depois de tudo estar bem misturado, acrescentam-se os ovos, a salsa picadinha e tempera-se com a pimenta e continua-se a misturar bem esta massa até estarem os ingredientes bem ligados.
Prova-se e caso seja necessário rectificam-se os temperos.
Mergulham-se duas colheres de sopa no óleo quente e formam-se os bolinhos e levam-se a fritar.

Este petisco pode servir de aperitivo ou ser servido como refeição acompanhado de arroz.

E para aqueles que me visitam:


Este selinho foi-me oferecido pela Sónia ambiguity-artesdecorativas.blogspot.com.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Sonhos



Mais um cheirinho a Natal.
Saídos directamente da minha cozinha estes sonhos deixaram-nos a lamber os dedos. Um chá quentinho a acompanhar estes sonhos  alegra este dia tão escuro.
Hoje tenho a sensação que estou metida dentro duma arca ou de um congelador de frigorifico está um nevoeiro cerrado e a humidade parece fumo a passar, e o frio esse é melhor nem falar dele. Para o fim de semana dão temperaturas negativas, se cai uma geada em cima desta humidade lá vamos nós a fazer patinagem artística a pé e de carro.
Mas voltando ao que realmente interessa.

Ingredientes:
125ml- de água
125ml- de leite
50g- de margarina
1- casca de limão
1- pitada de sal
150g- de farinha
4- ovos
- açúcar e canela a gosto

Preparação:
Leva-se ao lume a água, o leite, a margarina, a casca de limão e a pitada de sal a ferver, em seguida, junta-se de uma só vez a farinha e mexe-se muito bem até a massa estar em forma de bola e se despegar da panela.
Retira-se do lume, tira-se o limão e deixa-se arrefecer um pouco. Logo de seguida, junta-se um ovo de cada vez e bate-se a massa (eu bato com a máquina) em cada adição.
Pegam-se em duas colheres da sopa e mergulham-se no óleo quente (onde vão a fritar os sonhos) e moldam-se pequenas bolas com a ajuda das colheres e levam-se a fritar lentamente.
Enquanto estiverem a fritar os sonhos duplicam de tamanho e é conveniente irem se espetando com um garfo para o interior da massa não ficar crua.
Quando estiverem douradinhos escorrem-se do óleo e passam-se por uma mistura de açúcar e canela.
Depois é só comer para "encher mais os pneus".

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Bifinhos de peru com cerveja da mesa para 4



Esta receita foi copiada deste blog http://mesapara4.blogspot.com/  e é uma delicia. Fiz umas pequenas alterações substitui as natas de soja por natas normais para culinária.
É mais um prato prático e que pode ter qualquer tipo de acompanhamento.

Ingredientes:
- bifes de peru em tiras
4- colheres de sopa de azeite
1- pacote de sopa de cebola
2- colheres de sopa de molho Inglês
1- colher de chá de mostarda
1- pitada de pimenta
1- cerveja branca de 33cl
200ml- de natas (de soja)

Preparação:
Temperam-se os bifes com a sopa de cebola desidratada, com o molho Inglês, a mostarda e com a pimenta e deixam-se repousar cerca de 30m.
Findo este tempo aquece-se o azeite e junta-se a carne e fica a fritar um pouco. Adiciona-se a cerveja e deixa-se cozinhar em lume brando cerca de 20m. Por fim, juntam-se as natas e deixa-se apurar o molho.

Os bifinhos cozinhados desta maneira ficam muito bons e bastante suculentos, para a próxima vou experimentar com coxas de frango.



quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Aletria



Da minha cozinha saiu hoje o primeiro cheirinho a Natal, uma aletria feita à pressa, mas que já foi quase devorada à colherada.
A receita que eu faço é sempre a olho nunca tenho uma medida certa, é triste mas é verdade mal a acabo de fazer não sei as quantidades que usei de alguns ingredientes.

Põe-se a aletria (cerca de 200g) a cozer num pouco de água com uma colher de sopa de manteiga uma pitadinha de sal e uma casca de laranja ou limão e vai-se mexendo.
Quando a água estiver apurada deita-se entre a meio litro a um litro (conforme a quantidade que se quer fazer) de leite e deixa-se cozer a massa em seguida junta-se açúcar a gosto tira-se a casca de laranja ou limão e mexe-se até o açúcar estar desfeito. À parte batem-se duas  gemas, ou três se os ovos forem pequenos, e misturam-se muito bem na aletria que já está fora do lume.
Deita-se numa travessa e decora-se com canela.

Peço desculpa por não ter as quantidades certas esta receita já era da minha avó e tanto ela como a minha mãe e agora eu fazemos intuitivamente.               

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Os bichinhos oferecidos pela Sónia





Obrigado pelos bichinhos Sónia http://ambiguity-artesdecorativas.blogspot.com/ só espero que à noite não miem muito (hi hi), senão meto-os num cesto e deixo-tos à porta.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Uma bela compra


(imagem retirada da net)


Já tenho esta máquina desde Outubro mas estou tão contente com ela que achei que deveria fazer-lhe uma pequena referência. Sempre tivemos máquina mas não tirava muito bem os cafés apesar de ser uma marca boa e cara (arrumei-a logo).
Agora os pequenos almoços são uma festa, ou sai um cappuccino,  ou um chococino ou um latte macchiato, é só escolher, e depois do jantar sai um café e para mim um descafeinado.
Definitivamente uma das melhores compras para a minha cozinha e não sou viciada no café imaginem se fosse.



quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Polvo assado




Nestas noites de tanto frio uma comida reconfortante é muito bem vinda. Começa-se a refeição com uma sopa bem quentinha, que no meu caso foi caldo verde, e segue-se para um polvinho assado no forno com umas batatinhas assadas e um grelos salteados e acaba-se a refeição da melhor maneira com uma fruta da época, um dióspiro com bastante canela.
No fim ficamos quase a arrebentar, arrumo a cozinha e vamos para o sofá a ver televisão e quando damos por ela já dormimos o primeiro sono e de madrugada lá vamos nós para a cama pelo corredor fora quase a bater nas paredes com a pedrada de sono.
E isto foi a noite de ontém.

Preparação:
Coze-se o polvo (eu ponho água a ferver e pego numa das pontas do polvo e mergulho-o na água 3 vezes, e só depois deste ritual é que o ponho dentro da panela) quando estiver macio tempera-se com um pouco de sal deixa-se cozer mais um pouco e apaga-se o lume.
Enquanto o polvo coze dá-se uma cozedura ás batatas e cortam-se ás rodelas grossas com a casca e põe-se a assar naqueles grelhadores do fogão tipo frigideiras até ficarem com as marcas do grelhador.
Corta-se o polvo coloca-se no centro duma assadeira em volta põem-se as batatas que ainda não estão muito assadas e rega-se com uma mistura de azeite, pimenta, alho em pó, salsa picada e um pouco de vinho do porto e leva-se ao forno a tostar.
Cozem-se o grelos e colocam-se numa frigideira com azeite e alho e deixam-se tomar gosto.
Quando o polvo estiver tostado serve-se acompanhado dos grelos.

  Este é o tipo de grelhador onde pus as batatas, esta imagem foi tirada da net.
 

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Fresquinho de ananás



Uma versão do fresquinho de tutti fruti mas em ananás, fica igualmente saboroso.
A receita já tinha sido postada mas fica novamente.

Ingredientes:
5dl de gelatina de ananás
2dl de natas

Preparação:
Prepara-se a gelatina conforme instruções da embalagem. Reserva-se no frigorífico, até arrefecer mas sem solidificar.
Batem-se as natas e envolvem-se na gelatina e distribui-se por taças.
Leva-se de novo ao frio, até prender.
Depois é só servir bem fresco

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Um pouco de natal



Para iniciar o mês do Natal não há nada melhor que uma imagem do presépio.
Esta fotografia foi tirada em Setembro numa das Capelinhas da Nossa Senhora do Naso ( concelho de Miranda do Douro) no dia da sua Romaria. É uma imagem muito simples mas que ilustra bem esta quadra festiva.
Na minha opinião acho que actualmente nos estamos a esquecer que o Natal é a celebração do nascimento de Jesus, é uma época de paz e amor e em algumas situações estamos mais preocupados com o consumismo, e com os acessórios do que com a simplicidade única do presépio.