quarta-feira, 30 de maio de 2012

Trança de "Deus"

Esta trança é uma imitação do Pão de Deus, como não tenho a receita e queria um formato diferente, inventei.
Acertei com o resultado, a cobertura de coco tinha o mesmo sabor do Pão de Deus, e a massa como é brioche ficou magnifica. 

 

Ingredientes:
275 ml- de água 
2- colheres de sopa de óleo alimentar
500gr- de farinha para pão brioche da marca Continente
(recheio e cobertura)
100g- de coco ralado
1- ovo
8- colheres de sopa de leite
4- colheres de sopa de açúcar

Preparação (máquina de fazer pão):
Coloca-se a água, o óleo e a farinha na cuba da máquina e programa-se para amassar.
Quando o programa terminar retira-se a massa para um recipiente, tapa-se e deixa-se levedar, longe de correntes de ar, até duplicar de volume.
Entretanto, prepara-se o recheio, mistura-se o coco com o ovo, o leite e o açúcar e reserva-se.
Numa superfície enfarinhada, divide-se a massa em duas porções sendo uma maior que a outra, abre-se a   porção maior com um rolo da massa recheia-se com um pouco da mistura de côco e enrola-se a massa como se fosse uma torta, fecham-se bem as pontas para o recheio não sair e dá-se a forma de um semi circulo (tipo uma ferradura), repete-se o mesmo processo com a outra porção mas deixa-se ficar enrolada tipo torta, também com as pontas bem fechadas.

Pega-se no rolo mais pequeno e sobrepõe-se uma das pontas no meio do semi circulo, e começa-se a entrançar.


Depois de feita, coloca-se a trança num tabuleiro enfarinhado e deixa-se levedar, novamente, até duplicar de volume. 
De seguida, cobre-se com a restante cobertura e leva-se ao forno a 200º até estar cozida e dourada.

Quem não quiser fazer uma trança grande, com as quantidades apresentadas, dá perfeitamente para fazer duas tranças médias.
O recheio interior não se ficar a notar porque a massa absorve toda a mistura o que lhe confere um sabor muito agradável e uma textura extremamente fofa e leve. 

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Caixinhas de chocolate com chantilly e morangos

 
 Parecem ser de complicada execução, mas estas caixinhas são fáceis de fazer, só é preciso  ter cuidado a retirar a forma de papel do chocolate e o resultado é uma sobremesa altamente vistosa.

Ingredientes (2 caixinhas):
- metade de uma tablete de chocolate de culinária
1- pacote de natas
- morangos q.b.
- açúcar a gosto para os morangos
3- colheres de sopa para as natas (ou a gosto)
- forminhas de papel para queques

Preparação:
Retiram-se os pés aos morangos, lavam-se, cortam-se aos cubos, adoçam-se a gosto e reservam-se.
De seguida, derrete-se o chocolate em banho maria ou no microondas, depois de derretido forram-se as forminhas de papel com o chocolate, (com a ajuda de uma colher deita-se o chocolate de modo a preencher todo o interior da forma, ficando uma camada não muito fina nem muito grossa, ou com um pincel de cozinha pincelam-se as forminhas com o chocolate), e levam-se ao frio até o chocolate ficar duro.
Entretanto batem-se as natas muito bem batidas com as três colheres de sopa de açúcar  e reservam-se.
Retira-se o chocolate do frio, rasga-se o papel das forminhas com muito cuidado para o chocolate não partir, deita-se uma camada de morangos em cada caixinha e cobrem-se com as natas batidas.
Decoram-se a gosto e servem-se
Como só fiz duas caixinhas sobraram-me natas e morangos, aproveitei para fazer outra sobremesa para a refeição seguinte, misturei as natas com os morangos adoçados e servi.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Semi frio de ananás

Com o tempo aquecer bastante, já apetece este tipo de sobremesas.
A foto não tem grande qualidade porque foi tirada à pressa.

Ingredientes:
2- pacotes de natas
1- lata de leite condensado
3- colheres de sopa de leite
1- lata de ananás
8- folhas de gelatina
2- pacotinhos de gelatina de ananás
-  água para a gelatina

Preparação:
Colocam-se as folhas de gelatina a demolharem em água.
Mistura-se o leite condensado com o leite normal.
Entretanto, abre-se a lata de ananás e reduz-se metade em puré, reservando-se a outra metade e o sumo para a outra camada da sobremesa.
Junta-se o puré do ananás à mistura dos leites e mexe-se bem, escorrem-se  as folhas de gelatina da água, derretem-se no microondas (ou no fogão com um bocadinho de água) e juntam-se ao creme mexendo-se bem.
De seguida, batem-se as natas bem batidas e misturam-se ao preparado anterior, deita-se numa forma com aro amovível e leva-se ao frio.
Quando o creme anterior estiver solidificado prepara-se a gelatina com o sumo da lata do ananás e o restante da quantidade com água, conforme as instruções da caixa.
Quando a gelatina estiver fria, parte-se o restante ananás reservado em cubinhos e espalham-se por cima do creme que está na forma, de seguida com todo o cuidado deita-se a gelatina por cima e leva-se ao frio até a sobremesa estar bem solidificada. 
Antes de servir retira-se o aro.
 
O semi frio estava muito bem decorado com o ananás e cereja em calda mas sem me ter apercebido antes da gelatina ter solidificado alguns pedaços das frutas saíram do sitio, umas ficaram coladas no creme outras flutuaram para o cimo da gelatina, quando reparei já não dava para compor, paciência nada é perfeito. 

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Brioches de chocolate

Estes brioches ficam muito deliciosos e fofos, altamente viciantes.

Ingredientes:
275 ml- de água 
2- colheres de sopa de óleo alimentar
500gr- de farinha para pão Brioche da marca Continente
- creme de chocolate para barrar q.b.

Preparação:
Coloca-se a água, o óleo e a farinha na cuba da máquina de fazer pão e programa-se para amassar.
Quando o programa terminar retira-se a massa para um recipiente, tapa-se e deixa-se levedar, longe de correntes de ar, até duplicar de volume.
Retira-se uma pequena porção de massa recheia-se com uma colher de sobremesa de creme de chocolate e molda-se em forma de bola, ou outra forma a gosto, faz-se este processo até se esgotar a massa.
Colocam-se os brioches num tabuleiro enfarinhado e deixam-se levedar, novamente, até duplicarem de volume. 
De seguida, levam-se ao forno a 200º até estarem cozidos e dourados.