segunda-feira, 30 de abril de 2012

Tarte de baunilha e amêndoas de chocolate

A simplicidade, a leve textura e o aroma desta tarte satisfez a nossa gula ao pequeno almoço.
A sugestão das amêndoas vi no blogue "Les saveurs de Beth" como tinha um surtido de amêndoas aberto para não se estragarem aproveitei-as para enriquecer a tarte, a receita é da minha autoria.

Ingredientes:
2- ovos
1- colher de chá de aroma de baunilha
6- colheres de sopa de farinha
4- colheres de sopa de açúcar
6- colheres de sopa de leite
2- colheres de sopa de óleo
1- colher de chá de fermento
- amêndoas de chocolate a gosto
 
Preparação: 
Pré aquece-se o forno a 180º.
Misturam-se os ovos, o açúcar, o leite, o óleo, a baunilha e mexe-se até ficar bem ligado. De seguida, adiciona-se a farinha e o fermento e bate-se muito bem com a vara de arames para a massa não ficar com  grumos.
Deita-se o preparado, que fica mole, numa tarteira untada com manteiga e polvilhada com farinha, distribuem-se as amêndoas por cima da massa e leva-se ao forno a cozer a 180º.

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Delicia de ananás

Esta receita foi a primeira que publiquei no blog, mas como é uma sobremesa com história e uma das nossas preferidas, vale a pena relembrar.
 
Ingredientes:
6- ovos
1- lata de leite condensado
1- embalagem de gelatina de ananás
1- lata de ananás (não ponho a lata completa)
- raspas de chocolate para decorar (facultativo)

Preparação:
Misturam-se as gemas com o leite condensado até se obter um creme.
À parte, faz-se a gelatina com o sumo da lata de ananás e junta-se ao creme.
Batem-se a claras em castelo e adicionam-se ao preparado anterior.
Por último envolve-se o ananás cortado aos pedaços (normalmente só uso quatro rodelas) e leva-se ao frigorífico a solidificar.
Antes de servir decora-se com raspas de chocolate.

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Selinho





Ganhei este selinho da Débora do blog amarsermae.blogspot.com/ .
Obrigado Débora pela tua amizade e consideração.

Quem quiser pode levar este selinho.

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Folar Transmontano

Estive uma semana para publicar esta receita porque não tinha ainda tirado uma foto ao folar, não tirei inteiro porque me esqueci, depois deixei para tirar a uma fatia para se ver o interior e conclusão comemos o folar todo e não tirei nenhuma fotografia e tive que copiar esta foto que já  tinha publicado anteriormente.
Esta receita dividi em dois, fiz dois folares separadamente porque tive medo que a massa não coubesse na máquina e assim ofereci o outro aos meus pais.
Foi a primeira vez que fiz este tipo de folar, já tinha feito outras versões, e gostei muito do resultado, ficou uma massa muito fofa e leve, mesmo ao meu gosto.
 
Ingredientes:
1Kg- de farinha normal
12- ovos
250g- de manteiga
1- saqueta de fermento de padeiro (se dividir a receita e fizer também 2 folares verifique nas instruções da marca do fermento as quantidades para as quantidades da farinha)  
4- colheres de sopa de azeite
- 1 pitada de sal
- toucinho q.b.
- presunto q.b.
1- chouriça de carne
1- salpicão
- manteiga para untar a forma

Preparação (máquina do pão):
Derrete-se a manteiga e reserva-se.
Num recipiente, batem-se os ovos, adiciona-se a manteiga, o azeite, o sal e mistura-se bem.
Deita-se esta mistura na cuba da máquina, junta-se a farinha e o fermento e programa-se a máquina para amassar.
Quando o ciclo acabar retira-se a massa, coloca-se num recipiente tapa-se e deixa-se levedar num local quente até duplicar de volume, cerca de uma hora.
Entretanto, partem-se as carnes e reservam-se.
Depois da massa estar levedada, unta-se uma forma (redonda e sem buraco no meio) com  manteiga, divide-se a massa em duas partes, reveste-se o fundo da forma com uma das partes da massa cobre-se com as carnes que se espalham uniformemente, e tapa-se com a outra parte da massa.
Deixa-se levedar mais uma hora.
Pré aquece-se o forno a 180º g e leva-se o folar a cozer até estar dourado (cerca de 45m a 1h).
Para se verificar se o folar está cozido, faz-se o teste do palito, espeta-se no centro e se sair seco está cozido.

(manualmente)
Coloca-se a farinha misturada com o fermento num recipiente, abre-se um buraco no meio junta-se a manteiga derretida e o azeite e amassa-se.
De seguida, juntam-se os ovos um a um e vai-se batendo bem até a massa até se desprender das mãos.
Os passos seguintes, são os mesmos acima descritos a partir da parte de se retirar a massa da máquina.
  

terça-feira, 3 de abril de 2012

Stroganoff fingido de vitela


Esta receita é uma adaptação feita ao nosso gosto, por isso a denominação de fingido.
O molho fica fenomenal e como não leva natas é ligeiramente mais saudável.

Ingredientes:
- vitela às tiras q.b. 
- metade de uma cebola  picada
1- dente de alho picado
- azeite q.b.
- manteiga q.b.
- cogumelos q.b. 
1dl-  de Vinho branco
2dl- de água quente
1- cubo de caldo de carne
1- colher de sopa rasa de farinha
2- colheres de sopa de polpa de tomate
- Sal, pimenta q.b.

Preparação:
Corta-se a carne, tempera-se com uma  pitada de sal (muito pequena como leva o caldo de carne pode ficar salgado) e pimenta e deixa-se repousar um pouco.
Numa frigideira coloca-se a manteiga, o azeite e frita-se a carne, retira-se e reserva-se mantendo-a quente.
Na gordura que ficou (se for preciso acrescenta-se mais manteiga ou azeite) aloura-se a cebola e o alho, de seguida, acrescentam-se os cogumelos laminados e deixa-se acabar de alourar.
Entretanto, dissolve-se o cubo do caldo de carne na água quente e deita-se na frigideira, deixa-se ferver, junta-se o vinho branco e deixa-se  evaporar o álcool.
Junta-se novamente a carne, polvilha-se com a farinha e mexe-se, acrescenta-se a polpa de tomate e mistura-se tudo muito bem. 
Deixa-se acabar de cozinhar até o molho engrossar e serve-se com acompanhamento a gosto.