sexta-feira, 29 de abril de 2011

Semifrio de pudim com base de bolacha

Este semifrio foi uma das sobremesas da Páscoa.

Ingredientes:
1- pacote de bolacha Maria
- manteiga (a medida foi a olho mas acho que foi cerca de 100g)
1L- de leite
2- pudins  Boca Doce de Leite Condensado
2- pudins Boca Doce de Baunilha
12- colheres de sopa de açúcar
2- pacotes de natas
4- folhas de gelatina

Preparação:
Pica-se a bolacha , derrete-se a manteiga e misturam-se estes ingredientes muito bem até formar uma espécie de massa.
Forra-se uma forma com o fundo amovível com este preparado calcando-se muito bem e alisando-se com as mãos e leva-se ao frio.
Entretanto, preparam-se os pudins de Leite Condensado conforme as instruções da embalagem com meio litro de leite e quatro colheres de sopa de açúcar.
Deita-se o pudim por cima da base de bolacha e leva-se ao frio até solidificar.
Colocam-se a demolhar duas folhas de gelatina.
 Bate-se um pacote de natas quando estiverem quase batidas acrescentam-se duas colheres de sopa de açúcar.
 Leva-se a gelatina a derreter no microondas sem a água e acrescenta-se às natas e acabam-se de bater, de seguida, deitam-se por cima do pudim , criando-se outra camada e leva-se ao frio até estar  solidificado.
Preparam-se os pudins de baunilha com o restante leite e quatro colheres de sopa de açúcar, como o anterior.
Neste passo deitei um pouco de água fria na banca da cozinha e pus a panela com o pudim, dentro da água e fui mexendo o pudim até estar frio, assim ficou um creme liso e arrefeceu mais rápido.
Deita-se este pudim por cima da camada anterior de natas (com muito cuidado para as natas não se desfazerem), alisa-se e leva-se novamente ao frio.
Bate-se o outro pacote de natas, conforme o anterior e com os mesmos ingredientes, deitam-se por cima do pudim e leva-se ao frio até estar tudo completamente solidificado.
Antes de servir retira-se o aro da forma e decora-se a gosto. 

Os pudins podem ser de outro sabor e para quem não quiser usar dois pacotes de cada sabor, pode usar só um e acrescenta-se uma colher de sopa bem cheia de farinha maizena para o pudim ficar bem solidificado.

 

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Bacalhau da Teresa

Este bacalhau foi o nosso jantar de Sexta Feira Santa, e ficou uma delicia.
Esta receita foi copiada já algum tempo do Sapo e já a tenho postada no blog, mas fica novamente porque desta vez fiz uma pequena alteração.

 Ingredientes:
2- postas de bacalhau (grandes)
2- cebolas médias
1- Kg de batatas
2- tomates médios
3- dentes de alho
1- pimento vermelho pequeno
1- Kg de ameijoas
- sal qb
- queijo ralado qb
- pimenta qb
1- folha de louro
- maionese qb
- azeite qb
1 dl - de vinho branco

Preparação:
Da-se uma ligeira cozedura ao bacalhau e reserva-se, deixando-se arrefecer um pouco (esta é a minha alteração  para lascar o bacalhau prefiro dar-lhe uma pequena cozedura porque facilita este processo).
Cortam-se as cebolas em meia lua e levam-se ao lume com o azeite e o alho picadinho até estalar. Quando estiver alourado juntam-se os tomates e o pimento cortados aos cubinhos e tempera-se de pimenta e de sal (muito pouco porque o bacalhau pode estar salgado) e junta-se também a folha de louro.
Após estar bem refogado deita-se o bacalhau em lascas e limpo de peles e espinhas e junta-se o vinho.
No final acrescentam-se as ameijoas bem lavadas e deixa-se acabar de refogar até as ameijoas abrirem.
Entretanto, cortam-se as batatas às rodelas e fritam-se.
Num pirex coloca-se o preparado de bacalhau em camadas alternadas com as batatas (começa-se e acaba-se pelas batatas) e por fim barra-se com a maionese e polvilha-se com o queijo.
Leva-se ao forno até tostar e serve-se com uma salada.

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Panquecas III

Ultimamente temos comido bastantes panquecas aos pequenos almoços, esta é a receita original das  última que postei.

terça-feira, 19 de abril de 2011

Esparguete com camarão II

Há dias em que o tempo é pouco para tantas tarefas e necessitamos de uma refeição rápida e saborosa.
O jantar de ontem foi assim, depois de tanto corropio um pequeno conforto, uma pequena pausa para saborear esta simplicidade, para de seguida continuar com a agitação de um dia sem fim. 

Ingredientes:
- esparguete
- água, sal e azeite qb para cozer a massa
- camarões
1dl- de azeite
- alho em pó
- pimenta
1- pitada de sal
- salsa para polvilhar

Preparação:
Coze-se a massa na água temperada com o sal e azeite.
Descascam-se os camarões  e levam-se a fritar no azeite, juntando-se também as cabeças dos camarões para dar mais gosto, e tempera-se com uma pitada de sal e pimenta a gosto.
Depois de frito junta-se a massa escorrida na frigideira e mistura-se tudo muito bem para ganhar sabor.
Serve-se polvilhada com salsa.

Mais uma receita que não é nenhuma novidade, é bastante conhecida.


terça-feira, 12 de abril de 2011

Tarte de maça

Simples e bastante conhecida, esta tarte adoçou o nosso lanche do fim de semana.

Ingredientes:
- metade de uma placa de massa folhada rectangular
1 e 1/2- de maça
3- colheres de sopa de bage cremin
2- colheres de sopa de açúcar
8- colheres de sopa de água
- açúcar para polvilhar
- geleia para pincelar

Preparação:
Faz-se o creme juntando-se o bage cremin, o açúcar e a água e mistura-se bem.
Desenrola-se a massa folhada e com a ponta de uma faca marca-se um rebordo de 1cm por todo o rectângulo mas sem cortar , assim o rebordo cresce acima do creme.
Pica-se a massa com um garfo, menos o rebordo, e cobre-se com o creme.
Corta-se a maça em fatias fininhas e coloca-se por cima do creme e polvilha-se com açúcar e leva-se ao forno até estar cozida e dourada.
Depois de cozida retira-se do forno e pincela-se com a geleia. 

Quem não tiver bage cremin poderá fazer esta receita de creme de pasteleiro.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Cordeiro (borrego) estufado

Comprado directamente ao criador, o cordeiro é uma das carnes da nossa preferência  que tenho sempre em casa.
Criado sem qualquer tipo de ração alimentando-se única e exclusivamente das pastagens o seu sabor não é tão intenso.

Ingredientes:
1- perna de cordeiro (ou outra parte qualquer)
1dl- de azeite
2- dentes de alho
1- cebola
1-  folha de louro
1- cenoura
- metade de um pimento vermelho
3- colheres de sopa de polpa de tomate
1dl- de vinho tinto
1- cubo de caldo de carne
-Sal qb
- água qb

Preparação:
Corta-se a carne em pedaços e coram-se no azeite. De seguida, juntam-se o alho e as cebolas picadas, a cenoura cortada em rodelas e o pimento aos cubinhos. Acrescenta-se o louro e a polpa de tomate. Tempera-se com um pouco de sal (muito pouco por causa do knorr) e o caldo de carne e mistura-se bem. Rega-se com vinho tinto e deixa-se cozinhar lentamente, acrescentando-se água aos poucos até que a carne fique macia.
Por fim, rectificam-se os temperos, e serve-se com batata cozida.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Folhados mistos


Fiz estes folhados para o lanche de ontem e ficaram muito bons.
Mais uma receita simples, prática e bastante conhecida.

Ingredientes:
1- placa de massa folhada rectangular
4- fatias de queijo
4- fatias de fiambre
1- ovo

Preparação:
Corta-se a massa na forma e no tamanho desejado, eu cortei a massa em quatro rectângulos. Recheia-se o meio de cada rectângulo com uma fatia de queijo e outra de fiambre, cobre-se e fecha-se apertando bem as beiras de cada folhado.
Repete-se este passo até esgotar os ingredientes.
Pincelam-se os folhados com o ovo batido e levam-se ao forno a 200º graus até estarem dourados.