quinta-feira, 31 de dezembro de 2009



Desejo a todos umas boas entradas.
Que este ano que está à espreita seja sorridente para todos.
Feliz Ano Novo.

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Costeletas estufadas



Estas costeletas foram inspiradas numa receita que vi no blog pratosdabela.blogspot.com/,  pareceram-me muito boas e não me enganei. A receita foi alterada, fiz um estufado à minha maneira e acrescentei a sopa de cebola como na receita original.

Preparação:
Cobri o fundo duma panela com azeite, piquei uma cebola e um dente de alho e deitei uma pitada de colorau, deixei alourar um pouco e refresquei com um bocadinho de vinho branco. Juntei as costeletas e pus três colheres de sopa de polpa de tomate e reguei com uma pequena quantidade de cerveja e acrescentei uma folha de louro. Fui adicionando água aos poucos e deixei estufar.
Quase no final acrescentei metade de uma saqueta de sopa de cebola e deixei apurar.

A sopa de cebola dá um toque muito bom à carne e o molho fica apuradinho, o ideal para servir com uma batatinha cozida.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Passou o Natal

O Natal já passou e como não foi passado em minha casa não tenho fotografias.
Dia de Consoada estive com os meus pais, como o meu marido esteve a trabalhar só estivemos os três o que foi muito triste. No dia de Natal logo de manhã chegou o meu marido e trocamos as nossas prendas, o dia acabou em casa dos meus sogros.
Tanto na casa dos meus pais como na dos meus sogros a mesa estava recheada com o tradicional da época.
Espero que todos tenham passado um Bom Natal, cheio de paz e carinho.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Mais um dia



Mais um dia caótico na nossa cidade, muita neve e gelo.
Agora está a chover mas a neve parece que não quer derreter. 

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

O meu bacalhau com natas



Este foi o meu primeiro bacalhau com natas. Seguindo os conselhos da minha amiga Sónia (ambiguity) para cortar as batatas aos palitos pequenos (porque para o outro dia as batatas cozinhadas sabem mal)  saiu este prato que estava muito bom (acertei logo à primeira UPI).

Ingredientes:
3- postas de bacalhau médias
- batatas
2- cebolas médias
3- dentes de alho
1- folha de louro
- azeite qb
- pimenta qb
1- pacote de natas para culinária
1- pacote de bechamel dos grandes (não quis arriscar a fazer e o comprado além de ser bom é prático)
- leite qb
- queijo ralado qb

Preparação:
Coze-se o bacalhau em água durante 5 minutos, retira-se e deixa-se arrefecer um pouco para se fazer em lascas.
Fritam-se as batatas ao palitos pequenos, depois de fritas escorrem-se bem e reservam-se.
Leva-se ao lume o azeite com as cebolas cortadas em meias luas, o alho picado e a folha de louro e tempera-se com uma pitada de pimenta. Quando a cebola estiver loura sem estar queimada retira-se o louro e juntam-se as lascas de bacalhau  e deixa-se refogar um pouco. Em seguida, acrescentam-se as batatas e mistura-se tudo muito bem e deixa-se cozinhar mais um bocadinho.
Entretanto, misturam-se as natas e o bechamel e deita-se um pouco de leite (não muito para não ficar muito liquido) acrescenta-se metade desta mistura no bacalhau e mais uma vez mexe-se muito bem e deixa-se cozinhar por alguns segundos.
Deita-se o refogado numa assadeira e cobre-se com o restante bechamel e polvilha-se com o queijo ralado e leva-se ao forno a gratinar.

  
Este foi o meu prato.
 Pronto está bem eu admito, comi esta dose e depois servi-me outra vez.


quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Maças assadas



Hoje trago-vos uma receita que toda a gente sabe fazer.
Estas maças foram a nossa sobremesa no Domingo e estavam muito boas.

Retiram-se os caroços ás maças e dá-se um golpe em volta da casca. Coloca-se a fruta numa assadeira e no buraco do caroço põe-se um pau de canela e enche-se o mesmo buraco de açúcar amarelo e regam-se com vinho do Porto e levam-se a assar.
Enquanto estão a assar vão-se regando com o molho e se for necessário acrescenta-se mais vinho e açúcar.
Quando estiverem prontas retiram-se do forno e servem-se simples com um bocadinho do molho, que fica tipo caramelo, ou servem-se com uma bola de gelado.
Como mostra a imagem as nossas foram degustadas simples. 


quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Demorou mas chegou

Hoje acordamos e a paisagem que se via da minha varanda era esta:




A sair de casa para o trabalho o mesmo manto de neve cobria a nossa entrada :

 



Durante a ida para o trabalho com o meu motorista muito atento à estrada em passo de caracol:





Quando cheguei a casa para almoçar a criançada já tinha feito esta obra de arte, digam lá se não está fofo:

 

E assim está a ser o dia para nós os Transmontanos, só espero que logo à noite a neve não passe a  gelo.
Quando sair do trabalho é que vou bater o dente.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Bolos de bacalhau





Se há coisas de que adoro são um bolinhos de bacalhau, gosto deles quentes ou frios, vão logo direitinhos para a minha barriga.
Este é um tipo de petisco que aparece quase sempre nas mesas portuguesas quando há uma festa ou uma pequena reunião de amigos, e agradam a toda a gente até aos mais esquisitos.

Ingredientes:
4- postas de bacalhau
5- batatas médias
3- dentes de alho
3- folhas de louro
3- ovos
- pimenta e sal qb
- salsa qb

Preparação:
Põem-se a cozer as batatas com os alhos, o louro e um pouco de sal (vai-se provando a água porque o bacalhau pode estar salgado) , a meio da cozedura acrescenta-se o bacalhau e deixa-se acabar de cozer.
Depois de tudo cozinhado retira-se o louro e passam-se as batatas e o alho pelo passevite até ficar um puré.
Limpa-se o bacalhau de peles e espinhas e coloca-se num pano de cozinha limpo e bate-se com ele até estar o bacalha todo desfeito e junta-se ás batatas.
Depois de tudo estar bem misturado, acrescentam-se os ovos, a salsa picadinha e tempera-se com a pimenta e continua-se a misturar bem esta massa até estarem os ingredientes bem ligados.
Prova-se e caso seja necessário rectificam-se os temperos.
Mergulham-se duas colheres de sopa no óleo quente e formam-se os bolinhos e levam-se a fritar.

Este petisco pode servir de aperitivo ou ser servido como refeição acompanhado de arroz.

E para aqueles que me visitam:


Este selinho foi-me oferecido pela Sónia ambiguity-artesdecorativas.blogspot.com.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Sonhos



Mais um cheirinho a Natal.
Saídos directamente da minha cozinha estes sonhos deixaram-nos a lamber os dedos. Um chá quentinho a acompanhar estes sonhos  alegra este dia tão escuro.
Hoje tenho a sensação que estou metida dentro duma arca ou de um congelador de frigorifico está um nevoeiro cerrado e a humidade parece fumo a passar, e o frio esse é melhor nem falar dele. Para o fim de semana dão temperaturas negativas, se cai uma geada em cima desta humidade lá vamos nós a fazer patinagem artística a pé e de carro.
Mas voltando ao que realmente interessa.

Ingredientes:
125ml- de água
125ml- de leite
50g- de margarina
1- casca de limão
1- pitada de sal
150g- de farinha
4- ovos
- açúcar e canela a gosto

Preparação:
Leva-se ao lume a água, o leite, a margarina, a casca de limão e a pitada de sal a ferver, em seguida, junta-se de uma só vez a farinha e mexe-se muito bem até a massa estar em forma de bola e se despegar da panela.
Retira-se do lume, tira-se o limão e deixa-se arrefecer um pouco. Logo de seguida, junta-se um ovo de cada vez e bate-se a massa (eu bato com a máquina) em cada adição.
Pegam-se em duas colheres da sopa e mergulham-se no óleo quente (onde vão a fritar os sonhos) e moldam-se pequenas bolas com a ajuda das colheres e levam-se a fritar lentamente.
Enquanto estiverem a fritar os sonhos duplicam de tamanho e é conveniente irem se espetando com um garfo para o interior da massa não ficar crua.
Quando estiverem douradinhos escorrem-se do óleo e passam-se por uma mistura de açúcar e canela.
Depois é só comer para "encher mais os pneus".

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Bifinhos de peru com cerveja da mesa para 4



Esta receita foi copiada deste blog http://mesapara4.blogspot.com/  e é uma delicia. Fiz umas pequenas alterações substitui as natas de soja por natas normais para culinária.
É mais um prato prático e que pode ter qualquer tipo de acompanhamento.

Ingredientes:
- bifes de peru em tiras
4- colheres de sopa de azeite
1- pacote de sopa de cebola
2- colheres de sopa de molho Inglês
1- colher de chá de mostarda
1- pitada de pimenta
1- cerveja branca de 33cl
200ml- de natas (de soja)

Preparação:
Temperam-se os bifes com a sopa de cebola desidratada, com o molho Inglês, a mostarda e com a pimenta e deixam-se repousar cerca de 30m.
Findo este tempo aquece-se o azeite e junta-se a carne e fica a fritar um pouco. Adiciona-se a cerveja e deixa-se cozinhar em lume brando cerca de 20m. Por fim, juntam-se as natas e deixa-se apurar o molho.

Os bifinhos cozinhados desta maneira ficam muito bons e bastante suculentos, para a próxima vou experimentar com coxas de frango.



quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Aletria



Da minha cozinha saiu hoje o primeiro cheirinho a Natal, uma aletria feita à pressa, mas que já foi quase devorada à colherada.
A receita que eu faço é sempre a olho nunca tenho uma medida certa, é triste mas é verdade mal a acabo de fazer não sei as quantidades que usei de alguns ingredientes.

Põe-se a aletria (cerca de 200g) a cozer num pouco de água com uma colher de sopa de manteiga uma pitadinha de sal e uma casca de laranja ou limão e vai-se mexendo.
Quando a água estiver apurada deita-se entre a meio litro a um litro (conforme a quantidade que se quer fazer) de leite e deixa-se cozer a massa em seguida junta-se açúcar a gosto tira-se a casca de laranja ou limão e mexe-se até o açúcar estar desfeito. À parte batem-se duas  gemas, ou três se os ovos forem pequenos, e misturam-se muito bem na aletria que já está fora do lume.
Deita-se numa travessa e decora-se com canela.

Peço desculpa por não ter as quantidades certas esta receita já era da minha avó e tanto ela como a minha mãe e agora eu fazemos intuitivamente.               

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Os bichinhos oferecidos pela Sónia





Obrigado pelos bichinhos Sónia http://ambiguity-artesdecorativas.blogspot.com/ só espero que à noite não miem muito (hi hi), senão meto-os num cesto e deixo-tos à porta.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Uma bela compra


(imagem retirada da net)


Já tenho esta máquina desde Outubro mas estou tão contente com ela que achei que deveria fazer-lhe uma pequena referência. Sempre tivemos máquina mas não tirava muito bem os cafés apesar de ser uma marca boa e cara (arrumei-a logo).
Agora os pequenos almoços são uma festa, ou sai um cappuccino,  ou um chococino ou um latte macchiato, é só escolher, e depois do jantar sai um café e para mim um descafeinado.
Definitivamente uma das melhores compras para a minha cozinha e não sou viciada no café imaginem se fosse.



quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Polvo assado




Nestas noites de tanto frio uma comida reconfortante é muito bem vinda. Começa-se a refeição com uma sopa bem quentinha, que no meu caso foi caldo verde, e segue-se para um polvinho assado no forno com umas batatinhas assadas e um grelos salteados e acaba-se a refeição da melhor maneira com uma fruta da época, um dióspiro com bastante canela.
No fim ficamos quase a arrebentar, arrumo a cozinha e vamos para o sofá a ver televisão e quando damos por ela já dormimos o primeiro sono e de madrugada lá vamos nós para a cama pelo corredor fora quase a bater nas paredes com a pedrada de sono.
E isto foi a noite de ontém.

Preparação:
Coze-se o polvo (eu ponho água a ferver e pego numa das pontas do polvo e mergulho-o na água 3 vezes, e só depois deste ritual é que o ponho dentro da panela) quando estiver macio tempera-se com um pouco de sal deixa-se cozer mais um pouco e apaga-se o lume.
Enquanto o polvo coze dá-se uma cozedura ás batatas e cortam-se ás rodelas grossas com a casca e põe-se a assar naqueles grelhadores do fogão tipo frigideiras até ficarem com as marcas do grelhador.
Corta-se o polvo coloca-se no centro duma assadeira em volta põem-se as batatas que ainda não estão muito assadas e rega-se com uma mistura de azeite, pimenta, alho em pó, salsa picada e um pouco de vinho do porto e leva-se ao forno a tostar.
Cozem-se o grelos e colocam-se numa frigideira com azeite e alho e deixam-se tomar gosto.
Quando o polvo estiver tostado serve-se acompanhado dos grelos.

  Este é o tipo de grelhador onde pus as batatas, esta imagem foi tirada da net.
 

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Fresquinho de ananás



Uma versão do fresquinho de tutti fruti mas em ananás, fica igualmente saboroso.
A receita já tinha sido postada mas fica novamente.

Ingredientes:
5dl de gelatina de ananás
2dl de natas

Preparação:
Prepara-se a gelatina conforme instruções da embalagem. Reserva-se no frigorífico, até arrefecer mas sem solidificar.
Batem-se as natas e envolvem-se na gelatina e distribui-se por taças.
Leva-se de novo ao frio, até prender.
Depois é só servir bem fresco

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Um pouco de natal



Para iniciar o mês do Natal não há nada melhor que uma imagem do presépio.
Esta fotografia foi tirada em Setembro numa das Capelinhas da Nossa Senhora do Naso ( concelho de Miranda do Douro) no dia da sua Romaria. É uma imagem muito simples mas que ilustra bem esta quadra festiva.
Na minha opinião acho que actualmente nos estamos a esquecer que o Natal é a celebração do nascimento de Jesus, é uma época de paz e amor e em algumas situações estamos mais preocupados com o consumismo, e com os acessórios do que com a simplicidade única do presépio. 

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Camarão cozido



Petiscar um camarão cozido sabe sempre bem, e se a companhia for agradável ainda melhor.
Normalmente quando sirvo camarão cozido cozinho-o sempre na noite anterior que é para ficar durinho e fresquinho.
É rara a vez que sobra algum, é tipo aquela publicidade dos bombons Mon Chéri, (e este aqui tão só?)
Mas vamos lá ao que interessa.

Ingredientes:
- bastante casca de cebola (só a parte castanha de fora da cebola)
2- dentes de alho (conforme a quantidade de camarão)
1- folha de louro
- malagueta a gosto
- camarões qb
- sal qb
- água ql
- limão para enfeitar e para aromatizar

Preparação:
Põe-se uma panela com água e com todos os ingredientes (menos os camarões e o limão) a ferver. Quando a água estiver a borbulhar juntam-se os camarões e deixam-se cozinhar 5 minutos.
Retiram-se da panela deixam-se arrefecer e levam-se ao frio com umas rodelas de limão, ou deitam-se para um recipiente com água fria e gelo para arrefecerem por completo e guardam-se no frio até servir.
Antes de servir decora-se com limão.

domingo, 29 de novembro de 2009

Neve



Ao que parece já caiu a primeira neve na IP4, segundo as noticias não foi com grande intensidade, mas foi o suficiente para prejudicar o transito. Em algumas aldeias ao redor da cidade hoje também nevou, qualquer dia lá estamos nós isolados do resto do país com neve até ás orelhas.
Da minha varanda também já vejo ao longe a serra da Sanabria em Espanha, cheia de neve, é por essas e por outras que está um frio de rachar.
Quando nevar aqui por perto, prometo uma reportagem alargada (a imagem que publiquei foi retirada da noticia que estava na página do sapo).

sábado, 28 de novembro de 2009

Bolo de bolacha




Sempre que há uma ocasião especial em minha casa tenho que fazer este bolo porque todos adoram e se a festa é na casa de algum familiar também tenho que levar, e só vos digo que não lambem o prato por vergonha.
Já tinha  postado esta receita mas com a versão do leite condensado de chocolate, mas confesso que prefiro esta.

Ingredientes:
2- pacotes de natas
1- lata de leite condensado cozido
4- folhas de gelatina
1- pacote de bolacha maria
café q.b.

Preparação:
Demolham-se as folhas de gelatina em água fria, entretanto batem-se as natas bem batidas e junta-se o leite condensado e mistura-se bem.
Derrete-se a gelatina no microondas e junta-se ao creme anterior.
Faz-se o café e passam-se as bolachas neste.
Monta-se o bolo com camadas alternadas de bolachas e creme , acabando em creme.
 Decora-se a gosto e leva-se ao frio até ser servido.

A  receita deste bolo com já tinha dito na outra postagem é  deste blog http://cozinha-da-risonha.blogspot.com/

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Bifinhos de porco



Ontem para o jantar fiz estes bifinhos que servi com uma massa cozida e que bem que nos soube.
Esta é mais uma receita que a minha avó fazia e que mantinha o uso das natas em segredo porque eu e os meus pais na altura não gostava-mos de natas.
Mas os meus gostos mudaram e agora uso as natas frequentemente.

Ingredientes:
1- Kg de bifes
2- dl de óleo
1,5- dl de natas
3- colheres de sopa de polpa de tomate
1- cálice de vinho branco
4- dentes de alho
1- cebola grande
1- folha de louro
- água qb
- sal e pimenta qb

Preparação:
Cortam-se os bifes e temperam-se com o sal, a pimenta e o alho picado, e reservam-se.
Pica-se a cebola e leva-se ao lume com o óleo até estar lourinha e juntam-se a tiras de carne e deixa-se refogar um pouco. Deita-se o vinho, o louro e a polpa de tomate e deixa-se cozinhar mais um bocadinho.
Acrescenta-se um pouco de água e deixa-se acabar de cozinhar. Quando a carne estiver tenra e com menos molho juntam-se as natas e deixa-se apurar.

Este prato pode ser servido com o se quiser, eu como já referi servi com massa cozida e salada, porque o marido adora massa.
 

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Bolo delicia de ananás




Desde o fim de semana que andava com vontade de fazer um bolinho simples e delicioso e depois de tantas voltas à cabeça e aos meus livros de receita que hoje optei por esta receita muito fácil de fazer que copiei deste blog  http://cozinhafresh.blogspot.com/.
O meu bolo ficou um bocadinho diferente porque o original aparece com o ananás no cimo o meu cresceu mais um bocadinho e ficou com o ananás no meio da massa, mas também ficou muito bom.

Ingredientes:
1- lata de ananás (usei das pequenas e não a usei toda)
6- colheres de sopa de farinha
4- colheres de sopa de açúcar
4- colheres de sopa de leite
2- colheres de sopa de óleo
1- colher de chá de fermento
2- ovos

Preparação:
Misturam-se os ovos, o açúcar, o leite e o óleo e mexe-se até ficar bem ligado. De seguida, adiciona-se a farinha e o fermento e bate-se muito bem com a vara de arames para a massa não ficar com  grumos.
Deita-se o preparado, que fica mole, numa tarteira untada com manteiga e polvilhada com farinha, corta-se o ananás aos bocadinhos e enfeita- se por cima e leva-se ao forno a cozer a 180º.

Gostei bastante deste bolo porque é muito prático de fazer e é bom com tudo.


quarta-feira, 18 de novembro de 2009

sábado, 14 de novembro de 2009

Pataniscas de bacalhau




 Andava com uma vontade enorme de comer pataniscas de bacalhau, mas cada vez que as faço fico um bocadinho desiludida porque prefiro aquelas espalmadas com um aspecto fofinho e as minhas não ficam assim. Já experimentei várias receitas mas vai dar sempre ao mesmo. Esta receita é a que me sai melhor.

Ingredientes:
3- postas de bacalhau
4- ovos
50gr- de farinha
1- cebola pequena picadinha
1- ramo de salsa picadinha
- leite qb
- sal qb
- pimenta qb
- óleo para fritar

Preparação:
Coze-se o bacalhau, retiram-se as peles e as espinhas e lasca-se. Faz-se um polme com os ovos e a farinha e um pouco de leite (se preferir um pouco de água da cozedura do bacalhau). Pica-se a cebola e a  salsa muito bem picadinha e junta-e ao preparado anterior, mistura-se e acrescenta-se o bacalhau e tempera-se com um pouco de sal e pimenta e torna-se a mexer.
Põe-se o óleo a aquecer e levam-se colheradas desta massa a fritar.



 

terça-feira, 10 de novembro de 2009

sábado, 7 de novembro de 2009

Castanha



Hoje demos por encerrada  a apanha da castanha, ainda bem, porque estou de rastos.
Só vejo castanhas por todo lado, quer me parecer que amanha vou andar o dia todo aos ais ( ai as minhas pernas, as minhas costas, etc).
Que bela semana de férias, eu que queria descansar, está bem está, o descanso quem o viu, eu não.
Uns dias ás castanhas e os outros com o meu sogro no hospital porque infelizmente está muito doente.

Aproveito, também para desejar as melhoras à avó da minha amiga Sónia do blog  http://ambiguity-artesdecorativas.blogspot.com/.
Sabes que temos que ter muita fé, e mais uma vez te digo se precisares de alguma coisa, conta comigo.


quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Bifinhos com cogumelos

Este prato come-se muito bem em minha casa, é muito prático e fácil de fazer.

Ingredientes:
- bifes de vitela (peru ou febras)
- cogumelos
- natas (eu uso molho strogonoff da Knorr)
1- cálice de vinho do porto
1- colher de chá de mostarda
- sal qb
- manteiga e óleo qb

Preparação:
Deita-se um bocadinho de manteiga e de óleo numa frigideira e levam-se o bifes, cortados em tiras e temperados com um pouco de sal, a fritar.
Retiram-se e junta-se o vinho do porto, deixa-se fervilhar e desfaz-se a mostarda e juntam-se os cogumelos. De seguida, acrescentam-se as natas ( molho de strogonoff) e deixa-se ferver um pouco e deitam-se, novamente, os bifes e deixa-se engrossar.

Quando faço esta receita costumo acompanhar com massa cozida. Cozo a massa e depois deito-a na frigideira e junto tudo e misturo bem para ficar com aquele molho de strogonoff que na minha opinião é melhor que as natas.

sábado, 31 de outubro de 2009

Férias

Daqui a menos de uma hora, estou oficialmente de férias (upi). Só é uma semana (óh), mas enfim é o que se pode arranjar.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Algo perdida

Estou numa fase que penso e repenso e não sei o que cozinhar.
Como se costuma dizer é vira o disco e toca o mesmo. Ando mesmo perdida queria fazer umas comidinhas boas mas não tenho inspiração nenhuma, não me vem nada à cabeça.
Por isso meus amigos aceitam-se sugestões.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Chegou o frio

Definitivamente chegou o frio ao nosso belo País, aqui em Bragança, já andamos todos encasacados, mas não se preocupem que ainda não chegou a neve como mostra a fotografia ( que roubei da net, prometo que quando nevar faço uma reportagem especial com fotografias minhas).
Este ano estou com algum receio do inverno, o ano passado foi um horror, muita neve e muito gelo, com a neve ainda uma pessoa vai andando devagarinho, mas com o gelo é impossível só há acidentes.
E agora digam lá se o Castelo de Bragança e a Cidadela (são todas as habitações dentro das muralhas) não são lindissimos.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Já há muito tempo que me sinto assim: e preciso de :


Dá para acreditar que ainda não tive férias. É verdade, a quantidade de trabalho ainda não me permitiu esta regalia e para ajudar este ano as férias do meu marido calharam em Novembro.
Eu espero.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Pudim de frutas

Mais uma sobremesa fácil e que toda a gente sabe fazer, a minha ia a ser de tutti fruti mas não tinha essa gelatina e tive que fazer de morango.
Esta receita foi roubada do sapo.

Ingredientes:
1l- de gelatina à escolha
1- lata de leite condensado
- a mesma fruta do sabor da gelatina

Preparação:
Faz-se a gelatina conforme instruções da embalagem (1l), mistura-se muito bem com a lata do leite condensado e junta-se a fruta.
Deita-se em taças e leva-se ao frio até prender.

Nada mais simples de fazer e muito saborosa.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Bolo de aniversário

Ainda não tinha postado o bolo de aniversário do meu marido, este bolo é o famoso colchão de noiva que eu adoro, é o meu bolo preferido desde há muitos anos.
A receita fica para uma próxima postagem porque para a semana eu faço anos e também vai ser o meu bolo.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Baba de camelo

Já há muito que me apetecia comer baba de camelo mas para mim tem um defeito, não gosto que fique liquido (baba), eu sei que a sobremesa é assim mas desta vez queria que ficasse com uma textura tipo mousse por isso acrescentei aos ingredientes folhas de gelatina.

Ingredientes:
1- lata de leite condensado cozido (eu usei de compra)
6- ovos
2- folhas de gelatina incolor
- bolacha picada qb
- amêndoa laminada qb

Preparação:
Colocam-se as folhas de gelatina de molho num pouco de água.
Entretanto, mistura-se o leite condensado com as gemas de ovo. Batem-se as claras em castelo e junta-se ao creme anterior. Derretem-se as folhas de gelatina (sem a água) no microondas (ou em banho-maria com um pouco de água) e juntam-se ao preparado.
Pega-se numa taça, ou em tacinhas, e deita-se um pouco de creme e cobre-se essa camada com a bolacha picada, acaba-se de por por cima da bolacha o creme e enfeita-se com amêndoa laminada (a mim a bolacha não ficou no meio do creme tipo camadas, ficou toda misturada com o creme ,para a próxima deixo o creme ficar mais sólido).

Gostei do resultado só pelo facto de ficar mais sólido, de parecer mousse.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Esparguete à bolonhesa do marido


Hoje o marido decidiu ir para a cozinha a fazer o jantar e não é que a bolonhesa estava de comer e chorar por mais. Eu tentava espiar mas ele todo emproado só me dizia que o deixa-se cozinhar.
Apesar de todos os malabarismos consegui captar todos os ingredientes.

Ingredientes:
500g- de carne de vaca picada
-esparguete qb
1- pacotinho de bechamel
-queijo ralado
1- cebola
400g- de tomate pelado
1- dente de alho
- cerveja qb
- colorau qb
- salsa qb
- sal qb
1- cubo de caldo de carne
- azeite qb

Preparação:
Faz-se um refogado com o azeite, a cebola, o alho, o tomate, o colorau e a salsa e rega-se com um pouco de cerveja. Deixa-se cozinhar até que a cebola esteja mole e passa-se este molho com a varinha mágica.
De seguida, acrescenta-se a carne picada , deita-se o cubo de caldo e um pouco de sal e vai-se provando e se for necessário rectificam-se os temperos e deixa-se cozinhar a carne.
Entretanto, coze-se a massa numa panela de água com um fio de azeite.
Cobre-se o fundo de um pirex com massa , deita-se por cima a carne e cobre-se com o restante esparguete deita-se o bechamel por cima espalhando-se muito bem e espalha-se o queijo ralado e vai ao forno a gratinar.

A cerveja dá um sabor muito bom à carne, decididamente o jantar estava maravilhoso e também já temos almoço para amanha, já viram a travessona que é só para dois gatos pingados.

domingo, 13 de setembro de 2009

Aniversário de casamento

Hoje faz 6 anos que após um namoro de 9 subi ao altar, e neste momento só quero dizer à metade da minha laranja, que quanto mais o tempo passa mais orgulho tenho em nós.



Obrigado pela caminhada que temos feito juntos.
AMO-TE.